quinta-feira, janeiro 21, 2010

implosão

farto o que sou, o que faço, o que vejo, o que oiço
tão farto que encho esta e ainda outra realidade.
grito para comigo o quão insuportavel tudo se tornou....ou me tornei.

Não caibo mais em mim,
nestas paredes ocas
neste vazio transbordante

Uma nova identidade é requerida é demandada
um novo ser, como se o ontem não tivesse existido
e ainda assim o amanha fosse inadiavel.


Uma nova maneira de estar
se quiser ser, a um novo despertar
um abandonar sem deixar saudades

Destruindo para isso a ideia que alguma vez se existiu
esquecendo os habitos e gostos
"a new reborn, demanding a new dawn"

Alguma vez acontecerá? ...

4 comentários:

Anónimo disse...

diz-me, de que esperas?

ruben disse...

do primeiro paço.

Anónimo disse...

Paço?!? Qual Paço?!? Paço do Concelho, Paço episcopal Paços de Ferreira?!? ahahahah

ruben disse...

looooool era mais do primeiro pa...ss...o lol